Jac Motors Brasil
Agradecemos sua visista.
Assim como o carro é novidade no Brasil nosso forum também é!
Cadastre-se e seja um dos primeiros a participar e ter informações sobre está nova marca de veiculo no Brasil.
Compartilhe experiencias com outros proprietários de JAC.
Realizando seu cadastro você terá acesso a outras areas do fórum!
Curta JAC Club
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês
Auglau
Hora de trocar de Jotinha  I_vote_lcapHora de trocar de Jotinha  I_voting_barHora de trocar de Jotinha  I_vote_rcap 

Últimos assuntos
» presilhas do forro tampa porta malas
Hora de trocar de Jotinha  EmptySeg Out 14, 2019 1:10 pm por Auglau

» lentes das lanternas
Hora de trocar de Jotinha  EmptySeg Out 14, 2019 1:01 pm por Auglau

» Compre peças e acessórios direto da china!
Hora de trocar de Jotinha  EmptySeg Out 14, 2019 12:56 pm por Auglau

» SENSOR DE RÉ PAROU
Hora de trocar de Jotinha  EmptySex Set 06, 2019 7:35 am por rodrigo_souza

» Ar condicionado do T40 esfria, depois de algum tempo, começa a esquentar
Hora de trocar de Jotinha  EmptySex Ago 09, 2019 5:16 pm por Kalil

» J5 - Lentes dos faróis
Hora de trocar de Jotinha  EmptySeg Jul 22, 2019 7:14 am por Kjk0

» Nível combustível baixando drasticamente
Hora de trocar de Jotinha  EmptyTer Jul 16, 2019 9:20 pm por tadepires

» Amortecedores
Hora de trocar de Jotinha  EmptySeg Jul 15, 2019 1:05 pm por jacc

» COMANDO DO VIDRO ELÉTRICO
Hora de trocar de Jotinha  EmptyQua Jul 03, 2019 5:09 pm por Ornilo Alves da Costa Jr

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Acessos no momento...

Hora de trocar de Jotinha

Ir em baixo

Hora de trocar de Jotinha  Empty Hora de trocar de Jotinha

Mensagem por Endil Melo em Qua Out 10, 2012 3:10 pm

Tanto para quem prefere manter o carro por muitos anos, quanto para quem prefere trocá-lo em pouco tempo, fica a dúvida sobre qual é o momento mais vantajoso para vender o veículo do ponto de vista econômico.

No caso dos proprietários que preferem ficar por anos com o mesmo carro, a maneira mais fácil de descobrir a hora certa de vendê-lo é observando os custos de manutenção. Segundo o gerente de atendimento da consultoria automotiva Jato Dynamics, Milad Kalume Neto, existem algumas peças que precisam ser trocadas rotineiramente e não devem preocupar o motorista caso necessitem de manutenção. Mas, outras peças, que possuem maior duração e são mais caras, quando começam a falhar podem indicar ao proprietário que é o momento de vender o carro.

"Quando o proprietário vai percebendo que a manutenção está fugindo do controle normal e há necessidade de troca de peças diferentes daquelas que estão previstas no manual de propriedade em uma determinada quilometragem, ou quando peças que não são previstas na rotina habitual de revisão começam a falhar, chega o momento da troca", afirma Kalume.

Ele explica que as peças de desgaste mais comum são: filtros de ar, óleo e combustível, velas de ignição, discos, pastilhas e fluídos de freio, amortecedores e buchas de suspensão, pneus e mesmo o sistema de embreagem. Estes itens exigem manutenções periódicas, que podem ser consultadas no manual do veículo, e a necessidade de reposição não indica que o carro precisa ser vendido.

O problema mais crítico, segundo Kalume, ocorre quando é preciso realizar manutenções em peças estruturais de motor ou câmbio, como em homocinéticas (peças responsáveis por transmitir a rotação do câmbio às rodas motrizes), módulos eletrônicos, alternadores e rolamentos de rodas, por exemplo. "Essas peças normalmente não apresentam previsão de desgaste no manual de propriedade e possuem valores unitários elevados, bem como alto custo da mão de obra para a execução dos serviços". Problemas nestas peças, portanto, podem sinalizar que o custo de manutenção não compensa e vender o carro pode ser a melhor opção.

Giancarlo Pereira, consultor automotivo, explica também que mesmo quando não há necessidade de repor estas peças estruturais e mais caras, existem momentos de "pico" de manutenção das peças trocadas com mais frequência, como as pastilhas de freio, amortecedores e outras. "Normalmente, esses picos acontecem quando o carro atinge entre 30.000 a 40.000 quilômetros. Se a pessoa tiver condições de vender o carro antes disso, ela pode evitar uma série de gastos", orienta.

Pereira explica que alguém que costuma usar o carro para locomoção própria e não para transportar cargas, ou para percorrer longas distâncias com frequência, costuma rodar cerca de 12.000 quilômetros por ano. "Com 12.000 quilômetros por ano, o carro está relativamente novo; no segundo ano ele está com 24.000 quilômetros, e perto do terceiro ano, com 36.000 quilômetros, certamente é o momento de se pensar na troca do modelo", avalia.

Observar quando é o momento de vender o carro sob a ótica dos custos de manutenção pode ser mais relevante para quem mantém o carro por mais tempo e começa a ter altos gastos com reparação. Já para os proprietários que costumam trocar o veículo com mais frequência, o momento certo de vender o veículo pode ser antes que o seu preço caia de forma mais acentuada.

O carro usado, como qualquer outro item à venda, é influenciado por uma série de fatores de mercado. Entender alguns deles é o caminho para antecipar algumas tendências de depreciação do automóvel e evitar a realização de um maior prejuízo.

Um dos fatores de influência nos preços são as medidas econômicas que afetam o poder de compra da população e também a indústria automotiva. A redução do IPI para carros novos, por exemplo, acabou resvalando no preço dos carros usados, uma vez que eles tiveram que ter seus preços reduzidos para não ficarem tão caros em relação aos veículos zero quilômetro.

Outro fator que pode reduzir o preço do carro na revenda é a hipótese de o veículo sair de linha. Segundo Giancarlo Pereira, o valor de revenda pode cair até 10% de um dia para o outro, após um anúncio de que o carro será descontinuado.

O lançamento de uma versão repaginada de um modelo, ou o lançamento de um novo veículo na mesma categoria pode também pressionar a redução do preço do carro usado daquele modelo ou categoria.

Os especialistas explicam que essas questões muitas vezes são difíceis de se prever, mas se o consumidor ficar atento às notícias que afetam o mercado automotivo, ele pode conseguir perceber que é o momento de vender seu carro antes que a percepção se torne generalizada e o veículo sofra uma forte desvalorização. "Jornais especializados acabam dando um panorama disso e o proprietário pode conseguir antecipar a venda antes de ter uma maior depreciação", diz Kalume.

Giancarlo Pereira ainda afirma que é possível também perceber quando um carro vai sair de linha observando alguns movimentos cíclicos da indústria automotiva. "As indústrias costumam trocar seus modelos econômicos em cerca de cinco anos e os modelos de categorias superiores aos econômicos são trocados em torno de oito anos", diz.

Fugir das depreciações mais elevadas também implica em não vender o carro no primeiro ano de uso. "É aquilo que costumamos falar: o carro sai da concessionária e já desvaloriza 20%", comenta Kalume. Isto ocorre porque o fato de o carro deixar de ser zero quilômetro influencia muito mais seu preço do que ele deixar de ser um carro de 10.000 quilômetros e passar a ser um carro de 15.000 quilômetros, por exemplo.

Condição financeira

Por fim, uma questão importante que pode definir o momento certo da venda do carro é a condição financeira do proprietário. Se ele prefere sempre estar com o último lançamento e há condições financeiras para trocar o carro, o momento de vender pode ser simplesmentes quando surge um novo carro de seu interesse no mercado. "Sempre existe uma questão pessoal e financeira. Se o proprietário não tem nenhuma restrição financeira e quer sempre andar com um modelo novo, trocar de carro a cada dois anos pode ser mais interessante do que esperar. Em dois anos ele não tem custo de manutenção", explica Pereira.

E no caso de um proprietário que está com problemas financeiros, o momento certo de vender o carro pode ser quando não há mais condições de honrar o pagamento das parcelas. Nessa situação, vender o automóvel para comprar outro modelo mais econômico pode ser a melhor atitude a se tomar.

Site 4 Rodas.
Endil Melo
Endil Melo
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 2802
Data de inscrição : 16/12/2011
Localização : Sorocaba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hora de trocar de Jotinha  Empty Re: Hora de trocar de Jotinha

Mensagem por Marcos em Qua Out 10, 2012 5:21 pm

Acho que tudo depende da forma de condução: Se roda pouco (até 10 mil km por ano), por vias boas, dá para ficar bastante tempo devido a garantia de seis anos. Exceto se tiver problemas, dái enche o saco e passe adiante.

Marcos
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 534
Data de inscrição : 26/04/2011
Idade : 61
Localização : Rio Grande do Sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hora de trocar de Jotinha  Empty Re: Hora de trocar de Jotinha

Mensagem por Endil Melo em Qua Out 10, 2012 5:43 pm

Minha ideia é ver como será o J2 e se possível trocar por um, mas a ideia é ainda bastante prematura. No salão de Sampa mês que vem vou ver como é que ele será. Quem sabe eu troco por um foguetinho.
Endil Melo
Endil Melo
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 2802
Data de inscrição : 16/12/2011
Localização : Sorocaba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hora de trocar de Jotinha  Empty Re: Hora de trocar de Jotinha

Mensagem por jose felisberto filho em Ter Out 23, 2012 8:23 pm

como ja mencionei meu tempo ideal é tres anos. To bem para negocia-lo e começo entrar na fase dos custos de manutenção.

Endil mandou o email para a lottus car com relação ao alarme!
jose felisberto filho
jose felisberto filho
Possui permissão para dirigir...
Possui permissão para dirigir...

Mensagens : 181
Data de inscrição : 18/02/2012
Localização : Recife -PE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hora de trocar de Jotinha  Empty Re: Hora de trocar de Jotinha

Mensagem por Edson Cruz em Ter Out 23, 2012 9:07 pm

Creio que o prazo de 3 a 5 anos é muito bom para que o investimento feito no carro dê o seu retorno, com um baixo investimento em manutenção.
Considerando que 4 anos deve ser o ideal, principalmente no caso dos carros JAC que se bem cuidados ainda podem oferecer 2 anos de garantia de fábrica, o que poderá elevar o preço do usado JAC em relação aos carros de mesmo ano de outras marcas.

Edson Cruz
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 3138
Data de inscrição : 24/09/2012
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hora de trocar de Jotinha  Empty Re: Hora de trocar de Jotinha

Mensagem por pangadaywalker em Qua Out 24, 2012 5:30 am

A 4 patas já falou sobre, melhor mesmo eh ficar com o carro mínimo de 10 anos pq a manutenção eh mais barata do que trocar de carro. Trocar eh investir mínimo de 10 k. Enqto ficar com ele terá gasto de 1500 reais. Fora que com a fabrica a tara.tia não terá valia já que brasileiro quer eh preço e não garantia.

_________________
Visite também:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
pangadaywalker
pangadaywalker
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 4504
Data de inscrição : 25/02/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hora de trocar de Jotinha  Empty Re: Hora de trocar de Jotinha

Mensagem por Edson Cruz em Qua Out 24, 2012 6:03 am

Tudo que já foi dito é correto, entretanto não é só $$ que deve ser considerado para determinar o momento da troca.

São diversos fatores sendo alguns até mesmo subjetivos, mas que não podem ser desprezados, pois podem refletir em qualidade de vida:

a) prazer de ter um novo;
b) risco de quebras devido ao envelhecimento de peças e componentes de difícil prevenção;
c) número de visitas de final de semana nas oficinas (semana sim, semana não);
d) disponibilidade de tecnologia atualizada;

É evidente que a disponibilidade financeira deve ser muito bem analisada, pois do contrário a qualidade de vida vai pro ralo.

Trocas curtas é pra quem pode ($$$) e não pra quem quer, por isso a minha qualidade de vida está limitada ao mínimo de três ou quatro anos.

Embarassed Embarassed Embarassed

Edson Cruz
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 3138
Data de inscrição : 24/09/2012
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hora de trocar de Jotinha  Empty Re: Hora de trocar de Jotinha

Mensagem por pangadaywalker em Qua Out 24, 2012 6:10 am

Olhe eu fiquei 8 anos com um carro e nunca tive problema de pecas. Voce mantendo o carro sempre com a manutencao em dia e nao é apenas troca de oleo.

É trocar rolamento, correia dentada, velas, cabos e tudo mais. Isso sim é cuidar do carro. A não ser que voce de azar (igual a carro zero), se a manutencao estiver em dia nao existe falhas hoje em dia. Carros hoje sao feitos para durar pelo menos 250k km, qdo bem cuidados. As pessoas trocam carros com menos de 80k.

Trocar de carro cedo apenas aquece mercado de usados e gera um lixo absurdo que nao tera lugar no futuro.

Sim existe o prazer do carro novo, mas a que custo? Somo o unico pais que sustenta essa fome automotiva. Tanto que seguramos Ford e Chevrolet de quebrarem.

Apenas minha opniao.

_________________
Visite também:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
pangadaywalker
pangadaywalker
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 4504
Data de inscrição : 25/02/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hora de trocar de Jotinha  Empty Re: Hora de trocar de Jotinha

Mensagem por Endil Melo em Qua Out 24, 2012 6:31 am

O brasileiro realmente sustenta esse mercado por conta dos custos elevados do zero e também pelos financiamentos que movimentam um comércio milionário entre os bancos e as pessoas físicas. Acho que o momento certo de opção pela troca de um carro tem diversas vertentes e vieses de seus proprietários. (Estou inspirado nas verbetes) Eu particularmente troquei porque estava muito descontente com o pós venda da Ford e já tinha passado por problemas também com o pós venda da VW e não estava mais a fim de terdores de cabeça com meu zerinho. Que pegar uma marca desconhecida foi um tiro no escuro, isso foi. Mas até então, nõa tenho do que me queixar com o pós venda Jac. E o carro até agora ATENDE muito bem os meus anseios.
Endil Melo
Endil Melo
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 2802
Data de inscrição : 16/12/2011
Localização : Sorocaba

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hora de trocar de Jotinha  Empty Re: Hora de trocar de Jotinha

Mensagem por Edson Cruz em Qua Out 24, 2012 6:43 am

Panga,

Concordo plenamente com você, mas quem tem condições de arcar com o custo sem comprometer sua saúde financeira, não está nem aí com o custo.

Minhas projeções são para 3 ou 4 anos, pois neste período vejo que posso me dar este luxo, se chegando lá não for viável e o custo de manutenção do atual for viável, vou estender por mais 1 ou 2 anos.

O que cada um deve saber é se tem ou não condições de arcar com o custo de uma troca, inclusive podendo ser por um seminovíssimo, que tem um custo bem mais baixo que um 0km.

Edson Cruz
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 3138
Data de inscrição : 24/09/2012
Idade : 56

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hora de trocar de Jotinha  Empty Re: Hora de trocar de Jotinha

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum