Jac Motors Brasil
Agradecemos sua visista.
Assim como o carro é novidade no Brasil nosso forum também é!
Cadastre-se e seja um dos primeiros a participar e ter informações sobre está nova marca de veiculo no Brasil.
Compartilhe experiencias com outros proprietários de JAC.
Realizando seu cadastro você terá acesso a outras areas do fórum!
Curta JAC Club
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Os membros mais ativos da semana

Os membros mais ativos do mês
Auglau
Golf GTI 1976 x Golf 2009 I_vote_lcapGolf GTI 1976 x Golf 2009 I_voting_barGolf GTI 1976 x Golf 2009 I_vote_rcap 

Últimos assuntos
» lentes das lanternas
Golf GTI 1976 x Golf 2009 EmptyOntem à(s) 12:03 pm por Auglau

» Peças, modelos e opções pra compra fora das CSS
Golf GTI 1976 x Golf 2009 EmptySab Mar 09, 2019 4:16 pm por wanderley liporati

» Lanterna R$ 510,00
Golf GTI 1976 x Golf 2009 EmptyDom Jan 27, 2019 11:06 am por alksinacio

» LOJA PEÇAS DA JAC NO RJ
Golf GTI 1976 x Golf 2009 EmptySeg Dez 03, 2018 6:07 am por Isaias Gonçalves

» GRUPO - J3 no WHATSAPP
Golf GTI 1976 x Golf 2009 EmptySex Nov 23, 2018 4:40 pm por rafaelmp

» Coxin de motor JAC J2
Golf GTI 1976 x Golf 2009 EmptySeg Nov 05, 2018 6:03 am por Luiz Azevedo

» pinça de freio
Golf GTI 1976 x Golf 2009 EmptyDom Nov 04, 2018 3:32 pm por Isaaccastanha

» SENSOR DE RÉ PAROU
Golf GTI 1976 x Golf 2009 EmptyQua Out 24, 2018 12:36 pm por Isaias Gonçalves

» Bomba da'água do JAC 6
Golf GTI 1976 x Golf 2009 EmptySex Set 21, 2018 5:00 pm por ALEX PAZ

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Acessos no momento...

Golf GTI 1976 x Golf 2009

Ir em baixo

Golf GTI 1976 x Golf 2009 Empty Golf GTI 1976 x Golf 2009

Mensagem por Casemiro em Seg Abr 25, 2011 1:12 pm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Junho 2009
Golf GTI 1976 x Golf 2009


O mesmo carro, 30 anos depois, faz muito mais com menos, graças a ajuda da tecnologia





Tão certo como afirmar que o carro, na essência, é a mesma máquina inventada no fim do século 19 é dizer que a distância entre um modelo de 30 anos atrás para um modelo atual faz seu descendente parecer personagem de ficção científica. O lançamento do novo VW Golf GTI, apresentado este ano na Europa, proporciona uma boa oportunidade para uma radiografia da evolução da espécie, quando comparado ao fundador da dinastia.

Na primeira geração, lançada em 1976, o Golf GTI era considerado um carro inovador. Ele surgiu numa época em que a indústria começava a dar mais atenção ao meio ambiente e trazia um dos primeiros sistemas de injeção de combustível, em substituição ao carburador – o que até então era um dispositivo presente apenas nos modelos mais caros, como Mercedes, BMW e Ferrari. Mas o controle da mistura ar-combustível evoluiu tanto que a queima nas câmaras passou de “mais ou menos completa” a quase total hoje em dia – a ponto de tornar um carro atual quatro vezes mais limpo que um modelo produzido nos anos 70.

Linhas de alimentação seladas, catalisadores, dispositivos de recirculação de gases e injeções de combustível eletrônicas, todos recursos criados na década de 70, conseguiram reduzir as emissões de HC e CO em 96% e as de NOx em 76%. Mais tarde, as fábricas passaram a empregar outras tecnologias (já conhecidas), como turbocompressores, comandos de válvulas e coletores de admissão e de escape variáveis, que permitiram controlar ainda mais a mistura e, ao mesmo tempo, aumentar o rendimento dos motores. A potência específica do motor do Golf GTI, por exemplo, passou de 69,3 cv/litro, no modelo da primeira geração, para 105,8 cv/litro, no atual.

Nos últimos 33 anos, a eletrônica passou a ser parte integrante e fundamental dos carros, com os computadores monitorando não só o motor mas os diversos sistemas do carro, uma atuação algo semelhante a um sistema neurológico, metaforicamente falando. Os freios ABS, por exemplo, surgiram em 1978 trazendo como benefício a redução das distâncias de parada e, principalmente, a manutenção do controle direcional durante uma frenagem.

Como efeito colateral veio o aumento de peso. Maior e com mais conteúdo, o GTI G6 é 509 kg mais pesado que o G1 de 1976. Mas o combate ao sobrepeso é a próxima fronteira a ser conquistada pela indústria, na busca por carros mais econômicos – na linha Mercedes, por exemplo, o atual Classe C é o primeiro sedã da marca que não é mais pesado que seu antecessor, apesar de ter mais conteúdo.

Como você pode ver, só mesmo na essência os carros são os mesmos de antigamente.



Emissões
O novo GTI anda mais, consome menos e polui menos que seu antepassado. Nos anos 70, quando a primeira geração foi lançada, ainda não se mediam as emissões. As medições para homologação dos carros começaram somente nos anos 90. Mas estima-se que um carro fabricado no fim dos anos 70 polua quatro vezes mais que seu similar atual. O novo GTI já atende a Euro 5, legislação europeia que entra em vigor no fim deste ano.



Motor - Tecnologias como cabeçote multiválvulas, duplo comando variável, turboalimentação e injeção direta de combustível ajudaram a aumentar a potência do GTI (além do deslocamento maior). A potência específica passou de 69,3 cv/l para 105,8 cv/l.

G1 X G6
Deslocamento (cm3): 1600 X 2000
Potência/torque (cv/mkgf): 110/13,3 X 210/28,6



Desempenho - O motor, com mais potência e torque, aliado ao câmbio sequencial de seis marchas com dupla embreagem, faz o novo GTI disparar na frente do antigo, equipado com câmbio manual de 5 marchas.

G1 X G6
0 a 100 km/h (seg): 8,7 X 6,9
máxima (km/h): 181 X 238



Consumo - Com mais tecnologia embarcada, o novo GTI consegue andar mais e gastar menos, apesar de ser mais pesado: 1 339 kg contra os 830 kg do GTI 1976.

G1 x G6
ciclo urbano (km/l): 9,5 X 10
ciclo rodoviário (km/l): 13,5 X 16,9



Tecnologia - A central do novo Golf calcula 8 000 vezes a cada nova explosão os parâmetros de injeção e de ignição. O antigo GTI não tinha sistemas eletronicamente controlados. Sua injeção era mecânica e administrava o combustível de acordo com o volume de ar admitido.

G1 x G6
Injeção: mecânica X eletrônica
Processador: não possui X 32 bits



Investimento/Rendimento - O novo GTI é mais caro que o antigo. Ele custa 73 965 reais, na Europa. Em 1976, o GTI custava 12 200 reais, o que equivale a 61 920 reais hoje, considerando uma inflação anual de 5,4%. Mas, sem dúvida, o GTI novo remunera melhor o investimento do comprador, se considerarmos o custo por cv.

G1 x G6
Custo: R$ 562/cv X R$ 352/cv

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Casemiro
Casemiro
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 438
Data de inscrição : 06/04/2011

Ver perfil do usuário http://jacclub.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Golf GTI 1976 x Golf 2009 Empty Re: Golf GTI 1976 x Golf 2009

Mensagem por Giovanni Pires em Seg Jul 11, 2011 11:56 pm

Muito interessante a matéria, que bom ver esses comparativos !!!
Giovanni Pires
Giovanni Pires
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 571
Data de inscrição : 09/07/2011
Idade : 41
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum