Jac Motors Brasil
Agradecemos sua visista.
Assim como o carro é novidade no Brasil nosso forum também é!
Cadastre-se e seja um dos primeiros a participar e ter informações sobre está nova marca de veiculo no Brasil.
Compartilhe experiencias com outros proprietários de JAC.
Realizando seu cadastro você terá acesso a outras areas do fórum!
Curta JAC Club
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Os membros mais ativos da semana
pedro_bonafe
 
cesarrj
 
Max Welber
 

Últimos assuntos
» Peças, modelos e opções pra compra fora das CSS
Ter Dez 12, 2017 12:38 pm por Max Welber

» 25.000 km e primeira baixa
Ter Dez 12, 2017 9:11 am por pedro_bonafe

» Rádio e trava
Qui Dez 07, 2017 7:16 am por LEANDRO FAGUNDES

» GRUPO - J3 no WHATSAPP
Qui Dez 07, 2017 7:14 am por LEANDRO FAGUNDES

» Central Multimidia J3S
Sex Dez 01, 2017 8:59 am por alanflanker

» Óleo utilizado nos J3
Ter Nov 28, 2017 7:37 am por Pedro Camboim

» Sonda Lambda (sensor O2)
Seg Nov 13, 2017 7:15 pm por carlos otavio

» Espelhamento da tela do celular no Kit multimedia do Jac T6
Sex Nov 10, 2017 6:57 pm por Sub Abreu

» OFICINA ESPECIALIZADA REGIÃO CAMPINAS (SUMARÉ)
Ter Nov 07, 2017 4:56 am por jrdelgado

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Acessos no momento...

Troca Óleo/Filtro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Henrique Rodrigues em Ter Mar 10, 2015 10:14 am

Galera. Bom ja sei que tem no manual a troca de óleo 15w40. So não sei se e sintético ou semi-sintético...

Outra coisa. Vocês ja usaram o 5W40 ? Dizem que o carro tem maior desgaste quando liga ele então nesse caso falam que precisa de uma viscosidade menor para o motor a frio. Alguém tem alguma opinião?.

Henrique Rodrigues
Só lendo...

Mensagens : 4
Data de inscrição : 08/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Gaspar Frois em Ter Mar 10, 2015 10:27 am

Henrique, eu tenho.

Na minha opinião todo veículo deve usar somente o especificado pelo fabricante do veículo. No caso do J3 o óleo usado é o Shell Helix HX5 SAE 15W50. A vida útil do motor é maior quando o óleo é corretamente usado.
avatar
Gaspar Frois
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 433
Data de inscrição : 18/10/2013
Idade : 54
Localização : Brasília, DF

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Henrique Rodrigues em Ter Mar 10, 2015 10:33 am

15w50 ? No meu manual e 15w40. E não especificada marca.

Henrique Rodrigues
Só lendo...

Mensagens : 4
Data de inscrição : 08/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Gaspar Frois em Ter Mar 10, 2015 12:19 pm

Esse é o que a JAC Brasília vem colocando em todos os J2 e J3 a cada 10K.
avatar
Gaspar Frois
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 433
Data de inscrição : 18/10/2013
Idade : 54
Localização : Brasília, DF

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por pangadaywalker em Ter Mar 10, 2015 2:32 pm

Como assim a JAC tem colocado ela mesma outro oleo que ela mesma diz no manual para colocar???? Que estranho isso.

_________________
Visite também:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
pangadaywalker
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 4499
Data de inscrição : 25/02/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Gaspar Frois em Ter Mar 10, 2015 5:03 pm

Panga,

tá no carimbo da troca de óleo: Shell Helix HX5.
avatar
Gaspar Frois
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 433
Data de inscrição : 18/10/2013
Idade : 54
Localização : Brasília, DF

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Henrique Rodrigues em Ter Mar 10, 2015 6:12 pm

Entendi. Mais no caso ai esta a marca. Tem especificando a viscosidade no carimbo?

Henrique Rodrigues
Só lendo...

Mensagens : 4
Data de inscrição : 08/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Convidado em Ter Mar 10, 2015 6:32 pm

o de 50 tem grau de resistência térmica melhor que o 40 e para o Brasil é melhor pois aqui é quente pacas. agora o 5w40 e para motores Gm e se não me engano alguns da fiat que necessita do óleo mais fino.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Gaspar Frois em Sex Mar 13, 2015 7:42 am

Gente,

Acho que é a idade e meus óculos devem ser trocados.

Corrigindo: o óleo que utilizam no meu J3 é o HX6 da Shell - SAE 15W40.


O óleo é muito bom, entre uma troca e outra o óleo ainda parece novo.
avatar
Gaspar Frois
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 433
Data de inscrição : 18/10/2013
Idade : 54
Localização : Brasília, DF

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Rodrigo F em Sex Mar 13, 2015 9:44 am

Resumindo...


Qualquer óleo que tenha a especificação 15W40 semi-sintético API SL ou superior. Se for o j3 flex, dê preferência por lubrificantes para veículos flex, que possuem aditivos específicos que evitam a corrosão do álcool. Nos J3, pode ser usado o Mobil Flex 10W40 sem problema algum....
avatar
Rodrigo F
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 359
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 27
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por ricardo groetaers em Qua Mar 18, 2015 4:33 pm

Se o manual especifica o SAE 15w40, o 5w40 pode ser usado e com vantagem pois tem melhor fluidez com o motor frio proporcionando melhor lubrificação nessa condição e tem a mesma faixa de viscosidade (SAE40) com o motor quente. Por tabela o SAE 5w40 tem melhor IV (índice de viscosidade) que o 15w40. Infelizmente o IV, informação importante , não vem escrito na lata.

Parece que o Shell Helix HX5 SAE 15W50 não é mais produzido sendo substituído pelo 15w40. Eu corri atrás do 15w50 e não achei mais.

O oleo SAE 50 (nº depois do "W") tem maior viscosidade que o oleo SAE 40 na temperatura padrão de 100°C, no entanto dependendo do oleo a coisa pode se inverter em outras temperaturas. Em outras palavras, o oleo SAE 40 pode ser mais viscoso que um SAE 50, ambos a 15°C por exemplo. A mesma coisa é válida para temperaturas acima de 100°C, o SAE50 pode perder viscosidade mais acentuadamente que o SAE40. Como disse anteriormente, o IV do oleo é uma informação importante, que não vem escrito na lata.

Um outro ponto importante a considerar é a especificação para serviço API (Instituto Americano do Petróleo) do oleo. Quanto maior melhor. Assim um oleo API-SL é de melhor qualidade que um API-SJ por exemplo.

Obs: O "código" "S" significa que o oleo é para motores a gasolina (ou álcool), o código "C" significa que é para motores diesel.
avatar
ricardo groetaers
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 399
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 61
Localização : Rio de Janeiro-RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por pangadaywalker em Qui Mar 19, 2015 6:45 am

Ate onde sei o primeiro numero é a viscosidade a frio ainda e o segundo numero viscosidade no quente?

Portanto 5W comparado com o 15W significa que o oleo ira chegar mais rapido a todas as partes do motor antes mesmo de estar quente.

O W neste caso é WINTER (inverno).

_________________
Visite também:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
pangadaywalker
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 4499
Data de inscrição : 25/02/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Rodrigo F em Sex Mar 20, 2015 10:43 am

Se usar um óleo 5W40 no seu J3 vai ter problemas com a VVT na fase fria, constantes acendimentos da luz de injeção porque o variador de fase não consegue manter a VVT carregada devido a baixa densidade do óleo. Os únicos lubrificantes que possuem classificação SM são Mobil e Havoline, reconhecidamente os lubrificantes com melhor tecnologia do mundo. Utilize Mobil super flex 10w40 ou Shell Hx6 Flex, podes também optar por TOTAL quartz 7000 10w40  que terás motor por muito tempo. Não aconselho lubrificantes ELF, Lubrax, Bardhal, ou outro de qualidade inferior. Não adicione nenhum tipo de aditivo no óleo e muito menso flusch, no máximo um Militec caso utilize o motor sempre em percursos curtos o qual não consegue atingir a temperatura ideal de funcionamento. Se quiser usar Lubrax, por questão de dinheiro,utilize Lubrax Tecno 15W40....
avatar
Rodrigo F
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 359
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 27
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por ricardo groetaers em Sex Mar 20, 2015 3:49 pm

O amigo Rodrigo rodrigo deve estar confundindo densidade com viscosidade. Na fase fria ou de aquecimento do motor, um oleo de   n° SAE de viscosidade 5W40 obviamente apresenta menor viscosidade que um 10 ou 15 ou 20w40 na mesma condição ou temperatura, mas com o motor quente ambos se situam na mesma faixa, isto é, SAE40 (sem o "W").

Não faz sentido um oleo quando frio, e portanto mais "grosso" (viscoso) dar problema de manter a vvt carregada e quando estiver quente, logo mais fino ou menos viscoso, não  dar problema.

SM se refere a especificação para serviço API e nada tem a ver com a classificação SAE que abrange apenas o quesito viscosidade.

Amigo Pangada, os n° SAE de viscosidade não representam uma viscosidade específica e sim uma faixa de viscosidade numa dada temperatura padrão, que no caso do que vem depois do "W" é 100°C. No que vem antes do "W", leia-se 5w, 10w etc., a temperatura padrão era de -18°C, mas com as atualizações da norma SAE temos varias temperaturas baixas padrão.

Tambem não se pode comparar o n° que está antes do "W" com o que está depois do "W", são duas escalas completamente diferentes.
avatar
ricardo groetaers
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 399
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 61
Localização : Rio de Janeiro-RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Rodrigo F em Seg Mar 23, 2015 7:48 am

O variador de fase necessita de uma certa densidade para atuar, o qual é bem especificada pelo fabricante 15W. As folgas e os furos calibrados da VVt não foram projetados para a viscosidade fria 5W, a qual descarregara na fase fria e gerará código de falha na VVT na fase fria pois a mesma não consegue permanecer carregada até o motor atingir uma certa temperatura de funcionamento. O mesmo vale para folga entre pontas de anéis, tuchos mecânicos ou bronzinas. Um óleo 5W40 terá uma maior volatilidade dentro do motor do que um 15W40, tenho 100% de certeza que um motor com 40 mil klm ou mais vai rajar durante a partida e bater tuchos devido ao óleo 5W30. Se tiver dúvida, utilize o 5W40 e faça o teste.... Aconselho o 10W40 para motores até 100 mil km, após 15w40 sempre. 
Se o fabricante especifica 15W40, é porque o óleo tem que ter viscosidade 15W na fase fria para compensar as folgas internas do motor...
avatar
Rodrigo F
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 359
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 27
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por ricardo groetaers em Qui Abr 02, 2015 2:48 am

O amigo Rodrigo está confundindo as coisas, densidade, volatilidade e viscosidade são coisas completamente diferentes.

SAE15w não é uma viscosidade específica, esta classificação significa que o oleo deve apresentar uma viscosidade maxima de 7.000 cp a -20ºC e de 60.000 cp a -25ºC.

SAE5W significa: viscosidade máxima de 6.600 cp a -30ºC e de 60.000cp a -35ºC.

Silenciam estas classificações (SAE "x"W) quanto ao comportamento do oleo em temperaturas mais altas

SAE40 (sem o "W" ou considerando o que vem depois do "W") significa que o oleo deve ter uma viscosidade mínima de 12,5 cSt e máxima menor que 16,3 cSt a 100ºC
Sua viscosidade tambem não deve cair abaixo de 2,9 cP a 150°C (se for um 0W40, 5w40 ou 10w40) ou abaixo de 3,7 cP (se for um 15w40, 20w40, 25w40 ou 40 monoviscoso)

SAE30 significa que o oleo deve ter uma viscosidade mínima de 9,3 cSt e máxima menor que 12,5 cSt a 100ºC

Silencia a classificação SAE (sem "W" ou o que vem após o W) quanto ao comportamento do oleo em temperaturas abaixo de 100°C

Os multiviscosos devem satisfazer as duas condições (o que vem antes do W e o que vem depois) simultaneamente.

Lembremos que viscosidade é função decrescente da temperatura, isto é, a viscosidade diminui quando a temperatura aumenta.

Se um motor "rajar" com um oleo quando frio (o oleo está mais grosso) certamente rajará muito mais quando quente (o oleo estará mais fino).

"Um óleo 5W40 terá uma maior volatilidade dentro do motor do que um 15W40"

Volatilidade??????? Não entendi ...

"tenho 100% de certeza que um motor com 40 mil klm ou mais vai rajar durante a partida e bater tuchos devido ao óleo 5W30."

Pode acontecer pois se está usando oleo SAE 30 e não SAE 40 como recomenda o fabricante, o que vem antes do "W" não importa.

"Se tiver dúvida, utilize o 5W40 e faça o teste.... Aconselho o 10W40 para motores até 100 mil km, após 15w40 sempre." 

Pode acontecer se a temperatura de trabalho do motor não for alta, pois os 10W40 e 15W40 normalmente tem maior viscosidade que um 5W40 na temperatura ambiente.

 Já com o motor aquecido* e normalmente em baixa rotação se a coisa acontecer com o 5W40 vai provavelmente ocorrer mais acentuadamente com os 10W ou 15W40, salvo raras exceções.

* Os motores modernos normalmente trabalham numa temperatura maior que os "antigos" (para melhor rendimento térmico).

O 5W40 tem maior IV (índice de viscosidade) que os outros 2, isso significa que sua viscosidade "cai" menos com o aumento da temperatura.

Ambos os oleos estão na mesma faixa de viscosidade (SAE40, isto é, viscosidade entre 12,5 a 16,3 cSt) a 100°C. Observemos no texto acima que a norma SAE estabelece que a 150°C, o 5w40 e o 10w40 tenham a mesma viscosidade mínima (2,9 cP) enquanto para o 15w40 esse mínimo é 3,7 cP.

Na prática o 5W40, na maioria dos casos, supera a norma por ter maior tecnologia na sua produção e sua viscosidade mesmo a 100°C pode superar os 10w40 ou 15w40  . Citemos como exemplo os Lubrax abaixo:

                     visc. 40ºC        visc. 100°C       IV
                         (cSt)               (cSt)         (índ. visc)
Supera 5w40 ---- 90,1 ---------- 14,6 ------- 170
Tecno 10w40 ---- 91,3 ---------- 13,6 ------- 155
Tecno 15w40 ---- 97,3 ---------- 14,5 ------- 155

Imaginemos uma curva de viscosidade dos 3 oleos citados no exemplo. Podemos ver que acima de 100ºC a viscosidade dos 10W40 e 15W40 ficarão abaixo do 5W40.

Quem tiver curiosidade pode verificar o comportamento de outras marcas de oleo pelas fichas técnicas de seus fabricantes.

Peço desculpas se compliquei em vez de esclarecer, mas fica muito dificil faze-lo sem poder postar figuras ou tabelas no Forum. Lembro que antigamente o editor de texto do Forum permitia criar uma tabela.
avatar
ricardo groetaers
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 399
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 61
Localização : Rio de Janeiro-RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Rodrigo F em Qui Abr 02, 2015 9:45 am

Coloque o óleo 5W30 e veja os resultados, como 2 motores que tive que abrir devido a desgaste prematuro do mancal de encosto do virabrequim que jogou limalha para cima e terminou com os mancais dos comandos. Agora te pergunto como mecânico, poque que os motores VW 16V "batiam tuchos" quando usávamos ELF 10w40, e após trocarmos por Mobil, de mesma classificação, não rajavam mais? Vejamos pelas folgas internas de um motor, um óleo 5w40, por exemplo, se causar atrito nas partes internas na primeira partida que é onde ocorre o maior desgaste dos motores, gerará a redução de vida útil do motor. Temos a folga axial do virabrequim delimitada em 0,10mm pelo fabricante, quando o óleo estiver sendo bombeado (a frio) sendo este um 5W40 e sua viscosidade a 40graus 90,1, a folga axial vai se tornar maior, forçando o atrito pelo movimento axial do virabrequim entre um encosto e  e outro, pois  a folga ficou maior do que estipulado pelo fabricante com o motor frio. Neste atrito, geramos limalha, limalha a qual viaja rapidamente até a parte de cima do motor. Ja um óleo 15w40. tem este indice de 97,3, o que deixa a folga do virabrequim dentro do especificado do fabricante, e o movimentar do virabrequim não gerará esforço axial, pois a viscosidade do óleo além de "compensar" esta folga, não deixa o filme de óleo "fluir", por consequência, não há impacto, não há atrito, não há desgaste. Mas olhe bem Ricardo, a quente conforme sua tabela, temos a mesma viscosidade a 100 graus tanto para o 5w40 como para o 15w40, contrariando a sua afirmação de que se usado o óleo 5w40 e o motor rajar a frio o mesmo ocorrerá com o 15w40. Acredito que para o J3, J2 e o J5 o ideal seria manter o 15W40....
avatar
Rodrigo F
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 359
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 27
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Gaspar Frois em Qui Abr 02, 2015 10:35 am

Rodrigo,

Concordo. E sou da opinião que, se o fabricante indicou tal óleo para o motor em sua fabricação é porque foram feitos cálculos e mais cálculos. O meu Jotinha está com o mesmo barulhinho de motor zero desde que o comprei com 38K e hoje já está beirando os 60K com o mesmo torque.
avatar
Gaspar Frois
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 433
Data de inscrição : 18/10/2013
Idade : 54
Localização : Brasília, DF

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por ricardo groetaers em Sab Abr 04, 2015 6:15 pm

Quando o fabricante recomenda uma determinada especificação para o oleo , o faz considerando as folgas, a dilatação térmica (que faz essas folgas se modificarem com a temperatura), a carga, a velocidade, a temperatura de trabalho do motor e obviamente os oleos disponíveis na época. 


A grosso modo temos em termos de viscosidade necessária:

folgas:
grandes-> viscosidade alta (para compensar as folgas)
pequenas -> viscosidade baixa (para melhor fluidez e penetração)

temperatura:
alta -> viscosidade alta (para compensar a perda de viscosidade com a temperatura)
baixa -> viscosidade baixa (para garantir fluidez, quando o oleo ainda está frio e muito espesso)

carga:
alta -> viscosidade alta (para manter o filme de oleo alí)
baixa-> viscosidade baixa (para garantir lubrificação hidrodinâmica)

velocidade:
baixa -> viscosidade alta (para manter o oleo alí, visto dificuldade em manter lubrificação hidrodinâmica)
alta -> viscosidade baixa (para garantir fluidez e formação do filme hidrodinâmico)

Os motores modernos trabalham (comumente) nas seguintes condições:
- folgas pequenas (requer baixa viscosidade)
- temperatura alta (requer alta viscosidade)
- carga geralmente alta (requer alta viscosidade)
- velocidade alta (requer baixa viscosidade)
Aí o bicho pega.

Nessas condições, em termos de viscosidade, temos que ter um oleo que:
- não fique muito grosso quando frio, tenha fluidez e chegue rápido aos pontos a lubrificar, condição típica no arranque, principalmente a frio.
- a viscosidade não caia acentuadamente com o aumento da temperatura (oleo de alto IV)

Isso considerando somente o quesito viscosidade sem entrar no mérito da aditivação, no caso a anti desgaste (ou redutora de atrito).

A grosso modo, um oleo automotivo para cumprir bem sua tarefa de lubrificação deve estar numa viscosidade aproximada de um oleo SAE30 a 100°C, isto é entre 9,3 a 12,5 cSt, isso a grosso modo e num motor com folgas normais.

Num motor já com algum desgaste (que raramente é uniforme em todos os pontos) um oleo mais "grosso" pode compensar isso. Peca-se por excesso, sem exagero, e prevendo-se antecipadamente uma situação futura, com sacrificio da condição ideal numa situação presente.

Um oleo com n° SAE de viscosidade "grande" antes do "W" apresenta normalmente uma "relativa" "alta" viscosidade na temperatura ambiente enquanto um oleo com n° pequeno antes do "W' apresenta uma viscosidade menor na temperatura ambiente.

 Se o n° que vem depois do "W" forem iguais, o 1º oleo apresentará uma queda de viscosidade mais acentuada que o 2° com o aumento da temperatura.

No exemplo citado do Lubrax (do ELF Evolution 700 ST e do Mobil Super 2000 X2) temos:

                       visc. 40ºC        visc. 100°C        queda                 IV
                          (cSt)               (cSt)                na visc            (índ. visc)
Supera 5w40 ---- 90,1 ---------- 14,6 ------------ 83,8% --------    170
Tecno 10w40 ---- 91,3 ---------- 13,6 -----------  85,1% --------    155
Tecno 15w40 ---- 97,3 ---------- 14,5 -----------  85,1% --------    155
Evolut.10w40 --- 103,3 --------- 14,8 -----------  85,7% ---------   149
Mobil   10W40 --- 96,0 ---------- 14,4 -----------  85,0% ---------   155


Observemos bem a tabela acima e a queda de viscosidade nesse intervalo (40 a 100°C), dê uma olhada no ELF e nos IVs respectivos.

Preciso sair agora, depois mostro o que acontece abaixo de 40°C e acima de 100°C (vai dar um trabalho danado). Continua .........
avatar
ricardo groetaers
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 399
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 61
Localização : Rio de Janeiro-RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Rodrigo F em Seg Abr 06, 2015 8:45 am

Ricardo, concordo com você, mas somente poderemos saber qual o óleo que atende melhor os nossos veículos, em teste de bancada e com um auxílio de viscosímetro. Um motor que foi concebido em 1990 foi concebido levando-se em consideração um óleo mineral 20W50, o qual motor foi concebido como você disse em uma época que não existiam muitos tipos de óleo. Pois bem, é de se saber que os óleos minerais são indicados para condições severas de uso, pois os sintéticos e os semissintéticos não possuem uma troca de calor tão eficiente, em trânsito pesado, podem chegar facilmente a mais de 150 graus. Naquela época, a classificação ACEA era a A1 se fosse nos dias de hoje, e a API SJ.... Hoje, os óleo minerais 20W50 possuem classificação SM e ACEA A3, que em termos de engenharia são os melhores do mercado por terem esta classificação. Este óleo, mesmo sendo 20W50, vai ser muito melhor do que os dos anos de 1990, claro. Mas se eu por um óleo 10W50, de mesma especificação de engenharia, vai ser uma motor com tendência a consumir óleo em condições severas, pois na sua concepção, não foram considerados os fatores como folgas para esses óleos. Prova disso, é que o mesmo motor AP que equipa as paratis Flex, com tuchos hidraulicos, utiliza sintético 5W30, só que este motor sofreu uma reengenharia, ganhou potência, mais tacha, anéis diferentes, pistões diferentes e materias diferentes com dilatações diferentes pois é Flex. De forma alguma será recomendado para este motor um óleo 20W50, no máximo um 10W40 no auge dos seus 100000Km... Se eu fizer a retífica de um motor AP do ano de 1990, as folgas vão ser X, e mesmo com o motor feito eu usar o óleo que seja 5W50, o motor vai consumir óleo, pois as folgas não foram projetadas para este tipo de óleo. Tome prova do meu gol TSI Turbo, eu uso Mobil 20W50, nunca me deu dor de cabeça, é um gol TSI 1997. MEados de um ano atrás, por indicação de uma migo que usava 5W30 em sua parati 2009 turbo, tomei a liberdade ja que estava com o motor novo todo forjado de utilizar o 10W40, para não danificar a turbina nas partidas a frio. Rodei cerca de 200000Km e o eixo da turbina folgou, e destruí as bronzinas de biela. JA o meu amigo, com sua parati turbo, ja tem seus 80 mil km, e esta como nova, ela é forjada tudo igual ao meu. Chegamos a uma conclusão, teoricamente o óleo 10W40 deveria ter lubrificado melhor meu motor, principalmente por ser um óleo para veículos Flex e semissintético (meu gol estava no alcool). Mas o efeito foi contrário, com o pé no fundo e com o auxílio de um manometro de temperatura do óleo, percebemos que nas puxadas o óleo chegava facilmente a 140 graus. Depois de trocar as peças, e voltar para o óleo mineral 20W50, mesmo com o pé no fundo e o motor a 100 graus, o óleo não passava de 120 graus, isso com 28 graus de ponto de ignição final. Não tenho as tabelças de folags dos motores AP, mas se pesquisar, vai perceber de que ano após ano as folgas de aníes e etc vão se alterando. Sem copntar que um motor que usa um óleo 5W40 se a especificação é 15W40, vai ser mais suscetível a vazamentos. Tudo que você falou esta certo, mas veja bem, eu ja montei muitos carros e ja testei muitos óleos, tive muita dor de cabeça e muita alegria. Tecnicamente, o mais aconselhável é respeitar o que o fabricante indicou, pois ele, na concepção do veículo, levou em consideração inúmeros fatores imensuráveis aqui. Mas mesmo assim, temos erros, como nos casos dos Chevrolet e Peugeot que sairão de fábrica com especificação incorreta de óleo, tamanha a dificuldade de se encontra um óleo ideal para o veículo. Além disso, temos que considerar que tipos de aditivos são adicionados aos lubrificantes, um motor que sempre usou 20W50 jamais poderá usar um semisintético, pois este tem um poder de limpeza maior, o que fará soltar todas a borra do motor ocasionando muitos problemas. Eu ja li muita embalagem, mas é engraçado como no final o que o fabricante recomendou será sempre o ideal.
avatar
Rodrigo F
Possui CNH...
Possui CNH...

Mensagens : 359
Data de inscrição : 10/01/2014
Idade : 27
Localização : Rio Grande do Sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Troca Óleo/Filtro

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum